Interesse pelas ervas e também vegetais da Amazônia com aplicação nas áreas medicinais e também de cosméticos tem aumentado qualquer vez mais. Este cita em sua tese de mestrado a expedição do padre Nicolau Badarioti, descrevendo receita como as expedições chegaram até a região e também os registros deixados sobre as curso plantas medicinais ufsc impressões do mesmo relativamente ao território ao solo, fauna e flora, belezas naturais, dificuldades e imponência da Cordilheira Tapirapuã.

Conhecimento etnofarmacológicos das sociedades tradicionais tem despertado enorme interesse por parte da comunidade científica posteriormente a constatação de que a suporte empírica desenvolvida por elas por séculos pode, em muitos casos, ter uma comprovação científica, que habilitaria a extensão destes usos às indústrias farmacêuticas.

É retrata receitas para as práticas de tratamento ou manutenção do muito estar à saúde desse povo usada em diversos combinações, mas que geralmente são preparadas e também usadas em forma de chá, furmigações (produzem uma fumaça considerada curativa) ou banhos.

Os dados socioeconômicos dos informantes foram organizados em tábua, constando: nome, sexo, idade, profissão, escolaridade, origem dos moradores (cidade e também estado), tempo de habitação, número de moradores por domicílio, religião praticada pela família, participação em organização social e também origem da principal manancial de renda da família.

Abreu (2005), diz que em conseqüência da realidade das condições higiênicos-sanitárias, no levantamento de 1994 as doenças com maior incidência na área curso plantas medicinais ufsc, eram a diarréia, atingindo 59% das famílias, a malária em 46,5% e também as verminoses em 37,5%.